sábado, 2 de fevereiro de 2013

Acne: Como Tratar e Cuidar



O acne é um problema que afecta quase toda a gente, eu incluída, especialmente durante a adolescência pois deve-se a alterações hormonais que aumentam a produção de sebo e gordura da pele.
Para tratar e evitar este problema é importante termos alguns cuidados com a nossa pele.
Eu própria tenho, e só até recentemente consegui ter sucesso no tratamento, por isso espero que esta pequena explicação e dicas ajudem :)


Como tratar e cuidar

Quando temos acne, uma coisa que devemos ter em mente é que as borbulhas são criadas pelo excesso de gordura que fica obstruída nos poros devido a impurezas que se encontram na pele, e por isso devemos fazer uma limpeza e higiene adequada na nossa pele de forma a evitar que tal aconteça.
Os produtos de limpeza não devem ser agressivos e não se devem fazer lavagens em excesso pois pode deixar a pele irritada e estimular a produção de gorduras.
Há vários produtos que ajudam a controlar e tratar, que na sua constituição devem ter ácido salicílico que diminui a produção de gordura e desobstruí os poros, e glicólico que hidrata e promove a renovação celular.

Diariamente, devem lavar a pele com um sabonete adequado para peles com acne que ajuda a controlar a oleosidade, e uma-duas vezes por semana devem usar um esfoliante adequado para remover as impurezas e especialmente as células mortas que se vão acumulando.
Assim que tiverem a pele lavada, devem usar um tónico de limpeza que seja suave e equilibre o pH da pele, com ácido salicilico ou glicólico (ou ambos).
Por fim, devem usar hidratar a pele, e ter em atenção em usar um hidratante sem óleos!

Quando forem a aplicar maquilhagem, devem ter o mesmo cuidado, e ter a certeza que não vão usar uma base ou pó com óleos que possam estragar o vosso trabalho de limpeza diária. A base deve ser leve, e ser indicada para o vosso tipo de pele.

Em todo o caso, é sempre aconselhável consultar um dermatologista, todos somos diferentes e um profissional poderá indicar-vos a melhor maneira de tratarem o problema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário